Associação Brasileira de Radiofarmácia



  • ABRF

    A Associação Brasileira de Radiofarmácia (ABRF) é uma associação multiprofissional com forte cunho regulamentador e orientador do mercado de radiofármacos e da radiofarmácia no Brasil. Devido a sua forte integração com o setor regulamentador, vem desde sua constituição lutando para o reconhecimento da Radiofarmácia.

    O uso de radiofármacos vem crescendo exponencialmente no Brasil e isso tem elevado as discussões a respeito de sua qualidade e eficácia. Dessa forma, a ABRF vem desenvolvendo mecanismo de controle, juntamente com outros órgãos regulamentadores para segurança do paciente e qualidade no tratamento. Nesse contexto, a ABRF, absorveu as atividades do Escritório de Farmacovigilância de Radiofármacos (EFRad), e vem desenvolvendo atividade pioneira na averiguação de efeitos adversos com radiofármacos.

    Respeitando ainda sua vertente de pesquisa e desenvolvimento, a ABRF também aporta as atividades do Laboratório de Nanorradiofármacos (LN), que vem desde 2009 desenvolvendo tecnologia de ponta no setor, elevando o Brasil ao nível de competitividade internacional.

    Atualmente, a ABRF vem integrando os mais importantes fóruns nacionais de discussão do setor e vem estreitando laços com ANVISA, ABPVS, CRFs e CFF em prol da Radiofarmácia.



    PROVA ESPECIALISTA RADIOFARMACIA

    A ABRF irá realizar a 1a. Prova de Especialista em Radiofarmácia do Brasil no dia 2 de julho de 2016.


    Os interessados devem realizar pré-inscrição pelo email: radiofarmaciabrasil@gmail.com


    A prova de especialista em Radiofarmácia é válida somente para farmacêuticos com mais de 2 anos de experiência na área, e devidamente associados a ABRF.

    O valor da inscrição será de R$ 1.000,00 (não reembolsáveis).

    Baixe aqui o Edital da Prova de Títulos.

    Sugestões de Referências.

    Anexo 1 - Programa Prova ABRF.

    Anexo 2 - Análise Curricular.

    Gabarito Prova Especialista

    Resultado Prova Especialista



    Spotlight

    "A Senadora Vanessa Grazziotin, protocolou o Projeto de Lei (No. 596/2015) que altera a Lei Federal 1.234 /1950 elaborado pela ABRF, por meio de seu Presidente, Dr. Ralph Santos-Oliveira. De acordo com o projeto, todos os profissionais que trabalham com Radiação farão jus a carga horária máxima de 24 horas semanais."
    Clique aqui e visualize Projeto de Lei

    O presidente da ABRF, Dr. Ralph Santos-Oliveira, encaminhou proposta de Lei ao Senado, com o apoio da Senadora Vanessa Grazziotin, para a estipulação da carga horária máxima de 24 horas semanais para todos os farmacêuticos que trabalham com radiação.

    A ABRF obteve autorização do Conselho Federal de Farmácia para aplicação da Prova de Especialista em Radiofarmácia. Será a primeira vez que isso ocorrerá no Brasil.

    A ABRF acaba de ser credenciada pelo Conselho Federal de Farmácia para outorgar o Título de Especialista em Radiofarmácia. A prova deverá ser em março de 2015

    Em outubro de 2015 será lançado o Prêmio Marta de Souza Albernaz de Radiofarmácia. Inscrições em breve

    ABRF lança durante o I Summit Meeting in Radiopharmacy and Oncology o Prêmio Marta de Souza Albernaz em Radiofarmácia

    O prêmio, em homenagem a radiofarmacêutica Marta de Souza Albernaz, é uma iniciativa da ABRF para promover a pesquisa e educação em radiofarmácia no Brasil. O Edital será lançado em 2014, com a premiação em 2015.

    O I Summit Meeting in Radiopharmacy and Oncology organizado pela ABRF, contou com diversos profissionais da área de farmácia e teve como tema, a pesquisa em radiofarmácia. A vinda de palestrantes internacionais, como o Dr. Alan Waltar da World Nuclear University e da Dra Marcela Zubillaga da Universidade de Buenos Aires aquilataram o evento. O evento contou com o patrocínio da FAPERJ, CRF-RJ e CFF e o apoio do INCA.


ALERTA: " Após algumas denúncias quanto a qualidade do eluato proveniente do Gerador de Mo-99/Tc-99m do IPEN (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (SP-Brasil) fabricados no mês de junho de 2015 , a ABRF, alerta e solicita, que todos os Usuários desses geradores façam controle de qualidade do eluato de seus geradores de modo a verificar e certificar o limite de Mo-99 inferior a 0,15 micro Ci /mCi de 99mTc."

Director: Ralph Santos-Oliveira, PhD


The Laboratory of Nanoradiopharmaceuticals continued to perform a number of clinical studies with local, national, and international collaborations in phase I,II and III. These have included new drugs, new uses for older drugs and combinations particularly with radiation therapy. Diseases included breast cancer, GIST tumours, melanoma, colorectal cancer, lung cancer, oesophageal cancer, head and neckcancer, gastric cancer, skin cancer and antiemitics.